sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Cinema no asm

Cinema no asm

Sexta,  22//9

18h00 Heritales

21h30 Cinema fora dos leoes 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Cinema no museu

Cinema no museu

Quinta, 21/9

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

International Heritage Filme Festival - 2nd Edition

















http://www.heritales.org/wp/

Cineassp

Cineassp

Na casa do Professor

Quarta, 20/9; 15h00

domingo, 17 de setembro de 2017

cine-tertúlia

terça, 19/9;  18h00

na Casa do Professor (Évora)

A humanidade na memória do quotidiano - I

Projecção do filme "Passando à de Zé Marovas" de Aurora Ribeiro e tertúlia



 Rua Chafariz D' El Rei  n 31 (junto da Repsol e do Hospital Espírito Santo)




Retrato de Aurora Ribeiro
Aurora Ribeiro, jovem realizadora de cinema residente na Horta, recebeu o prémio para Melhor Curta-Metragem Portuguesa na  edição do festival DOCLISBOA 2009  com o filme "Passando à de Zé Marôvas". Filmado em 2007, em Redondo, Alentejo, a curta retrata a vida do Sr. Zé Marôvas, um octogenário que passa o tempo na sua pequena loja junto à estrada, onde não abundam os clientes, mas não falta tempo para uma boa conversa.
Página pessoal: http://www.auroraribeiro.pt 
 DOCLISBOA é o principal festival de cinema documental emPortugal e uma referência no panorama mundial de festivais. Desde a primeira edição em 2003, o interesse dos espectadores pelo tem vindo sempre a aumentar, com a edição de 2009 a bater o record de 28 000 espectadores, mais 8000 do que na anterior.



Nessa cine-tertúlia o auditório em vez de aplausos  cantou conjuntamente com o Janita na tela 
cada exibição um novo documentário no filmado dentro do filme 

Special thanks

Aurora
Isabel Fernandes
Mónica
Assp - Évora
Nicola
Maria
Artur
Luísaki




Cinema de Segunda



SET18

Cinema de Segunda / Metrópolis | ciclo Fritz Lang +Tertúlia


21h30 
Num mundo futurístico a sociedade vive em uma verdadeira
metrópole não muito diferente da nossa. (Ela está rigidamente
dividida em duas grandes classes: os cidadãos na cidade
superior, usufruindo do melhor que a tecnologia pode
proporcionar em termos de transporte e diversão, e em baixo
os operários, vivendo numa cidade subterrânea com suas
famílias e trabalhando 10 horas por dia em condições terríveis
para manter as máquinas que fazem com que as regalias da
cidade superior não parem nunca.)
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Ano: 1925
Realizador - Fritz Lang
Argumento: Fritz Lang, Thea von Harbou
Actores: Brigitte Helm, Alfred Abel, Gustav Fröhlich
Ciclo organizado e promovido pelo sócio Carlos J. Pinto.

sábado, 16 de setembro de 2017

Cinema no jardim publico

Cinema no jardim

24/9; 21h00

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Cinema fora dos leoes








NO PAÍS DO CINEMA
CINEMA-FORA-DOS LEÕES / Universidade de Évora e OS FILHOS DE LUMIÈRE,
em parceria com o Goethe-Institut Portugalapresentam

Sexta-feira, 15 de Setembro, 21h30

AUDITÓRIO SOROR MARIANA
Universidade de Évora


Recomeça o cinema às sextas-feiras com um programa que cruza clássicos germânicos (em parceria com o Goethe-Institut Portugal) com filmes que gravitam em torno dos conceitos de património (Heritales) e reabilitação (Arquiteturas), para vermos e falarmos sobre cidades e o modo como as vivemos, construímos e recordamos.
Apareçam!


CÉU SEM ESTRELAS 1955, Helmut Käutner – com legendas em português (1)


Programação de Setembro:

15 de Setembro21.30h
Céu sem Estrelas(Himmel Ohne Sterne, 1955)Helmut Käutner (1)
22 de Setembro17.30h

Faber Navalis (2016, 33 min.)Maurizio Borriello (2)
Pleasant Family Happiness(Nong Jia Le, 2012, 70 min.)Jenny Chio (2)
Programa detalhado e mais informações:
http://www.heritales.org/wp/
22 de Setembro21.30h
A Sinfonia de uma Grande Cidade(Berlin, Die Sinfonie der Großstadt, 1927)Walter Ruttmann (1 e 3)
29 de Setembro21.30h
Megacities (1998)Michael Glawogger (3)
2-3 de Outubro21.30h
ARQUITETURAS FILM FESTIVALCircuito Itinerante de Évora
Programa detalhado e mais informações:
http://arquiteturasevora.weebly.com


Parcerias e colaborações:
(1) Sessão inscrita no projecto ‘No País do Cinema’ (associação Os Filhos de Lumière e o Cinema-fora-dos Leões) em parceria com o Goethe-Institut Portugal, com apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual e da Direcção Regional de Cultura do Alentejo.
(2) Sessão inscrita no HERITALES – Festival de Cinema sobre o Património – II Encontro Internacional, organizada pelo CIDEHUS/UÉ.
(3) Sessão inscrita no ARQUITETURAS Film Festival 2016 – Circuito Itinerante de Évora, organizado pelo Cinema-fora-dos Leões/UÉ, Direcção Regional de Cultura do Alentejo, Do You Mean Architecture.


Sessões às 21h30
AUDITÓRIO SOROR MARIANA
Universidade de Évora
Rua Diogo Cão, 8 | 7000-872 Évora | Portugal

Apoios: Departamento de Filosofia da Universidade de Évora | Centro de História da Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora (CHAIA/UÉ) | Colecção B | Associação Cultural Os Filhos de Lumière | Instituto do Cinema e do Audiovisual | Fundação Eugénio de Almeida | Direcção Regional de Cultura do Alentejo | Goethe-Institut Portugal | Institut Français du Portugal | Programa AECID – Cooperación Española (Embaixada de Espanha em Portugal e Instituto Cervantes de Lisboa).

Cinema no museu

14/9

SET14

Cinema | Sofia Areal: Um Gabinete Anti-dor

Público
 · Evento criado por AGENDA CULTURAL ' ÉVORA
  • Hoje às 21:30 - 23:30

Detalhes
De Jorge Silva Melo

Cinema no Museu | Em setembro no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo

O Cinema no Museu é um momento de cultura que, todos os meses de Verão, anima a programação do Museu Frei Manuel do Cenáculo, uma aposta clara na divulgação e promoção do cinema como arte, um ativismo pela criação de hábitos de cultura e o estabelecimento de valores de igualdade, liberdade e paz. A programação escolhida para o Museu Frei Manuel do Cenáculo desenvolve-se à volta da ideia de património, cultura e percursos artísticos, em português. A sugestão deste ano volta a incidir no filme de arte, com destaque para novas cinematografias e filmes em colaboração com os Artistas Unidos, que se associam à nossa proposta de programação. A fechar o ciclo apresentamos um filme de um autor de Évora, Luís Godinho, que apresenta a sua nova curta-metragem O Salto, uma oportunidade única para ver em conjunto com os seus intervenientes o filme que conta um momento particular da história recente de Évora e Portugal nas vidas de António Couvinha, José Manuel Rodrigues, Luís Carmelo entre outros, um filme conversa a não perder. ​ Programadora: Carla Magro Dias

Imagem - José Luís Carvalhosa | Assistente de Imagem - Paulo Menezes | Som - Armanda Carvalho | Montagem - Vítor Alves e Miguel Aguiar | Realização - Jorge Silva Melo
Uma Produção Artistas Unidos/RTP (2016)

Sofia Areal, pintora, é um caso singularíssimo nas artes portuguesas. A sua pintura é expansiva, aberta, solar, vital, afirmativa (chamou mesmo "Sim!" à sua primeira antológica), ela não recua perante noções como "o belo" ou "a alegria". "É uma promessa de felicidade?", perguntei-lhe num dia de filmagens. "Ou é mesmo a felicidade.", respondeu.

Trailer: https://youtu.be/76Fan1M8_NY

Org: Direção Regional de Cultura do Alentejo | Museu Frei Manuel do Cenáculo | Soir Joaquim António d’Aguiar.
Parcerias e Apoios: Instituto de Cinema e Audiovisual (ICA) | Artistas Unidos | Câmara Municipal de Évora.
Contacto: Sociedade Operária de Instrução e Recreio (SOIR) Joaquim António de Aguiar | cinemasoir@gmail.com​

domingo, 10 de setembro de 2017

Cinema de segunda

11/9; 21h30

Cinema de segunda na SHE (Evora)

Mais histórias carregadas.


Hoje, às 21H30, voltamos com o expressionismo alemão na rubrica Cinema de Segunda / M, O vampiro de Dusseldorf +Tertúlia, uma proposta do ciclo Fritz Lang organizado e promovido por Carlos J. Pinto.
Espreitem o trailer por aqui: https://www.youtube.com/watch?v=UrZIQX3sNf8


Franz Becker é um assassino em série de crianças, que se aproxima das suas vítimas enquanto assobia a mesma música. Depois de diversos crimes, a cidade é tomada pelo frenesim da investigação policial, torna-se um caos, enquanto o assassino vive uma vida simples e normal. A cobertura da imprensa, a ação de vigilantes e a pressão política acabam por atrapalhar o trabalho da policia. 
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Ano: 1931
Realizador: Fritz Lang
Argumento: Fritz Lang, Thea von Harbou
Actores: Peter Lorre, Ellen Widmann, Inge LandgutPausa
-0:20

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

cine - festival



FIKE 2017 - 14º Festival Internacional de Curtas Metragens


Estão abertas as inscrições para curtas-metragens de Ficção, Animação e Documentário, estreados após 1 de Janeiro de 2015 e com duração até 40'.
Prazo de envio de cópias para pré-seleção: 5 de outubro de 2017.
Leia atentamente o Regulamento do Festival, a participação é GRATUITA.
Pode fazer o registo do filme agora: festivalfike@gmail.com
https://www.facebook.com/FIKE-Festival-Internacional-de-Curtas-Metragens-de-%C3%89vora-576640376060141/?pnref=story

Cinema no Museu

SET7

Cinema | Paula Rego, Histórias & Segredos




De Nick Willing

Cinema no Museu | Em setembro no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo

O Cinema no Museu é um momento de cultura que, todos os meses de Verão, anima a programação do Museu Frei Manuel do Cenáculo, uma aposta clara na divulgação e promoção do cinema como arte, um ativismo pela criação de hábitos de cultura e o estabelecimento de valores de igualdade, liberdade e paz. A programação escolhida para o Museu Frei Manuel do Cenáculo desenvolve-se à volta da ideia de património, cultura e percursos artísticos, em português. A sugestão deste ano volta a incidir no filme de arte, com destaque para novas cinematografias e filmes em colaboração com os Artistas Unidos, que se associam à nossa proposta de programação. A fechar o ciclo apresentamos um filme de um autor de Évora, Luís Godinho, que apresenta a sua nova curta-metragem O Salto, uma oportunidade única para ver em conjunto com os seus intervenientes o filme que conta um momento particular da história recente de Évora e Portugal nas vidas de António Couvinha, José Manuel Rodrigues, Luís Carmelo entre outros, um filme conversa a não perder. ​ Programadora: Carla Magro Dias

Conhecida por ser muito ciosa da sua privacidade, Paula Rego revela-se pela primeira vez neste filme, surpreendendo o seu filho, o cineasta Nick Willing, com histórias e segredos da sua vida excecional​, uma vida de luta contra o fascismo, um mundo da arte misógino e a depressão.
Nascida em Portugal, um país sobre o qual o pai lhe disse que não era bom para as mulheres, Rego usou as suas imagens poderosas como uma arma contra a ditadura antes de se estabelecer em Londres, onde continuou a abordar questões sobre a situação da mulher como o direito ao aborto. Mas, acima de tudo, as suas pinturas são um vislumbre críptico sobre um mundo íntimo de tragédia pessoal, fantasias perversas e verdades constrangedoras.
Nick Willing combina um grande arquivo de filmes caseiros e fotografias de família com entrevistas que percorrem 60 anos de vida e imagens de Rego a trabalhar no seu estúdio. E o resultado é um poderoso retrato pessoal da vida e obra de uma artista cujo legado vai sobreviver ao tempo, ilustrado visualmente em pastel, carvão e tinta a óleo.

Trailer: https://vimeo.com/208172904

Org: Direção Regional de Cultura do Alentejo | Museu Frei Manuel do Cenáculo | Soir Joaquim António d’Aguiar.
Parcerias e Apoios: Instituto de Cinema e Audiovisual (ICA) | Artistas Unidos | Câmara Municipal de Évora.
Contacto: Sociedade Operária de Instrução e Recreio (SOIR) Joaquim António de Aguiar | cinemasoir@gmail.com​
ÉVORA TEM CINEMA NO MUSEU EM SETEMBRO
A proposta cultural é da Direção Regional de Cultura do Alentejo que tem promovido desde 2013 sessões de cinema temático no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, sempre à quinta-feira., às 22h00.
Em cada ano é estabelecido um programa dedicado a um tema específico, definido pelos organizadores associados, preferencialmente sobre arte e artistas, documentários e cinema em português. A sugestão de este ano volta a incidir no filme de arte, com destaque para novas cinematografias e filmes em colaboração com os Artista Unidos.
A primeira sessão dO "Quintas de Cinema no Museu" decorre dia 7 de setembro, com o filme "Paula Rego, Histórias & Segredos", de Nick Willing. Na quinta – feira seguinte, dia 14, "SOFIA AREAL: Um Gabinete Anti-dor", de Jorge Silva Melo.
A fechar o ciclo, dia 21, será apresentado um filme de um autor de Évora, Luís Godinho, que apresenta a sua nova curta-metragem O Salto - uma oportunidade única para ver em conjunto com os seus intervenientes o filme que conta um momento da recente história de Portugal, nas vidas de António Couvinha, José Manuel Rodrigues, Marina Ribeiro, Luís Carmelo, Pita Bastos, Ricardo Galhardo.
A iniciativa é organizada por SOIR - Joaquim António d’ Aguiar, Direção Regional de Cultura do Alentejo e Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo contando com as parcerias e apoios do Instituto de Cinema e Audiovisual (ICA), Artistas Unidos e Câmara Municipal de Évora.